Acompanhe nas
redes sociais:
Facebook Instagram

Notícias

15/08/2022 10h12

Câncer de pâncreas é raro antes dos 30 anos, mas se torna frequente a partir dos 60

A melhor forma de se prevenir é assumindo um estilo de vida saudável e realizando check-ups regulares

Ilustração

O câncer de pâncreas mais comum é do tipo adenocarcinoma, que se origina no tecido glandular, correspondendo a 90% dos casos diagnosticados. A maioria dos casos afeta o lado direito do órgão (a cabeça). As outras partes do pâncreas são corpo (centro) e cauda (lado esquerdo).

Pelo fato de ser de difícil detecção e ter comportamento agressivo, ele apresenta alta taxa de mortalidade, por conta do diagnóstico tardio. No Brasil, é responsável por cerca de 2% de todos os tipos de câncer diagnosticados e por 4% do total de mortes causadas pela doença.

Raro antes dos 30 anos, torna-se mais comum a partir dos 60. Segundo a União Internacional para o Controle do Câncer (UICC), os casos aumentam com o avanço da idade: de 10/100.000 habitantes entre 40 e 50 anos para 116/100.000 habitantes entre 80 e 85 anos. A incidência é mais significativa no sexo masculino.

A melhor forma de se prevenir é assumindo um estilo de vida saudável. Evitar a exposição ao tabaco da forma ativa e passiva, praticar atividade física regular e manter uma alimentação saudável, evitando ingestão de álcool, contribuem para manter nível de gordura corporal adequado e evitar o sobrepeso e a obesidade, que são fatores de risco para desenvolver diabetes, o que também aumenta o risco.

Oncoclínica | Centro de Tratamento Oncológico

Endereço:

Rua José Freire Moura, nº 45

Ponta Verde - Maceió-AL

 

Telefones

82 3231-5754 / 3327-4659

 

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta: 9h às 18h

 

Dra. Patrícia de Araújo Amorim

Diretora Técnica Médica

CRM/AL 2710 / RQE 1109

© Copyright 2022. Oncoclínica Maceió.
Todos os direitos reservados