Acompanhe nas
redes sociais:
Facebook Instagram

Notícias

08/03/2021 01h37

Risco de desenvolver o Câncer do Colo do Útero aumenta com hábitos nocivos à saúde

Doença é a terceira mais prevalente entre as mulheres, segundo o INCA

Cirurgião oncológico, Aldo Barros

O tabagismo, a prática sexual sem preservativo (que deixa a mulher vulnerável ao Papilomavírus Humano – HPV) e o uso prolongado de pílulas anticoncepcionais podem aumentar o risco de desenvolver o Câncer do Colo do Útero, o terceiro mais prevalente entre as mulheres, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).

O cirurgião oncologista Aldo Barros orienta a todas as mulheres com vida sexual ativa que mantenham regularidade com as consultas ao médico ginecologista, que ele – mediante exames clínicos, laboratoriais e sinais sugestivos da doença – saberá dar as devidas orientações e encaminhamentos.

“O exame preventivo do Câncer do Colo do Útero, o Papanicolau, é a principal estratégia para detectar lesões precursoras e fazer o diagnóstico precoce da doença. Sua realização periódica permite reduzir a ocorrência e a mortalidade pela doença. O exame é indolor, simples e rápido. É indicado para toda mulher que já iniciou atividade sexual ou mudou de parceiro, mesmo antes dos 25 anos”, orientou o cirurgião da Oncoclínica.

O tratamento para cada caso deve ser avaliado e orientado pelo médico oncologista. Entre as técnicas adotadas estão a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia. O tipo de tratamento depende do estágio de evolução da doença, tamanho do tumor e fatores pessoais, como idade da paciente e desejo de ter filhos.

Oncoclínica | Centro de Tratamento Oncológico

Endereço:

Rua José Freire Moura, nº 45

Ponta Verde - Maceió-AL

 

Telefones

82 3231-5754 / 3327-4659

 

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta: 9h às 18h

 

Dra. Patrícia de Araújo Amorim

Diretora Técnica Médica

CRM/AL 2710 / RQE 1109

© Copyright 2021. Oncoclínica Maceió.
Todos os direitos reservados